quarta-feira, 9 de abril de 2008

Agora sim!

O Flamengo mostrou nessa noite de quarta que os fantasmas eram bem menores do que se pensava. Após uma preparação séria, o time agüentou bem a altitude (substituição só a menos de 5 minutos do fim), suportou a pressão sem perder a cabeça e usou o talento que tem pra fechar em 3 x 0 a primeira vitória fora de casa em 2008.

No primeiro tempo faltou meio-de-campo ao Fla. Ibson não se apresentou para a armação, Renato Augusto voltava (um pouco), deixando Souza isolado. Kleberson e Cristian estavam ordenados a não passar da linha central. Bruno vale cada centavo que o clube gasta com ele: transmite muita segurança, sem pose. Fez defesas cruciais, de novo.

No segundo tempo resolveu-se o problema do meio com Ibson resolvendo jogar. E outra vez Souza dá o passe pro gol. É um dos jogadores mais importantes do esquema de Joel, pois engana a marcação já pela aparência: um grandalhão camisa 9 tem tudo pra ser um centroavante clássico. Pois Souza faz o pivô, puxa o zagueiro e dá verdadeiras assistências. Custei a acreditar que Renato Augusto saiu tão fácil na cara do gol.

Depois da expulsão, tudo foi mais fácil. Toró começa a redenção pessoal aparecendo bem na marcação e fazendo o gol mais importante do jogo - o da serenidade.

O time soube tocar a bola (a altitude ainda serviu pra isso) e um detalhe importantíssimo: finalmente um cobrador de faltas oficial. Juan disse após o jogo que já vinha treinando, e taí o resultado.

O ótimo juiz não deixou o jogo descambar pra catimba de nenhum dos dois times e não inverteu faltas. O bandeirinha deixou muito a desejar, mas convenhamos que o Cienciano teve um gol mal anulado no Maracanã.

Classificação garantida, clima de paz e missão cumprida. O Flamengo nunca pode desacreditar de seu potencial, seja contra o Bolognesi ou o Boca. Todos esperam que entre sempre em campo pra ganhar. Se pensar assim, a tendência é crescer na competição.

O Fluminense perdeu a invencibilidade aleijado de um ataque experiente e titular (ok, ao menos Cícero jogou). Levou 2 x 0 do Arsenal num jogo anormal: Thiago Neves expulso e Thiago Silva falhando feio.

ATUALIZAÇÃO: na verdade, o erro feio (no segundo gol) foi de Ygor.

Nada que arranhe a campanha ou assuste o torcedor. Mas terminar a primeira fase como líder é uma mão na roda, pois o segundo jogo da eliminatória seria em casa.

O Santos perdeu do Chivas mas continua em segundo do grupo. Tem tudo pra passar (vai decidir em casa), já que recuperou o mais importante: a auto-estima. A legião estrangeira tem feito a diferença na Libertadores, e acredito que possa até passar das oitavas, dependendo do adversário.

Isso aí, Botafogo. 2 x 0 contra o River e risco de trauma deixado pra trás. O artilheiro Wellington Paulista confirma a seqüência de fazer gols em jogos decisivos. Nessa toada, domingo promete.

Mas o time precisa fazer como Corinthians e Vasco: sua principal meta deve ser a Copa do Brasil, atalho preciso pra Libertadores 2009 - com status de campeonato nacional.

4 comentários:

André Mello disse...

Menos, menos...
Uma vitória sempre ajuda a relaxar o ambiente, mas daí a celebrar o Fla2008 como um timaço, vai longe...
O time provou apenas que com preparação a altitude não assusta.
Mas, dizendo a verdade, os Marcianos (é como se chama aquele time do Perú, não?) não são grandes coisas. Os caras só sabem jogar fechado, como fizeram no Maraca e não tem a menor intimidade com "Sua Esferência". Fora os chutões de longe e o empurra-empurra na área o time perde no Aterro do Flamengo! Já quanto ao gol de falta, bato palmas. Finalmente, temos um cobrador. Olhando pra frente, vi que o Fla corre o risco de pegar o Santos. É isso mesmo?

Marcos André Lessa, cristão, flamenguista, jornalista formado pela UFF-RJ disse...

Olha, André, eu realmente acredito que o Flamengo pode chegar longe na Libertadores. Tirando Flu e Boca, considero o restante dos times nivelados.

Hoje pegaria o Santos, mas ainda falta a última rodada.

Anônimo disse...

ah,pára neh...
flavela indo longe na libertadores???? PIADA!!!

se prepara mulambada...Domingo já está 1x0 Botafogo..afinal, Wellingol não perdoa em classicos e decisoes!!!

O balance balance escute o q eu vou te dizer
a festa da reça está em extincao,
vcs viram na televisaaaao
coitadinha da racaaaa, a raca do urubuuuu

tentou zuar no maraca legal e caiu na geraaaaaaal

Fabricio Raner
se bem q acho q n precisava assinar ahaha

Marcos André Lessa, cristão, flamenguista, jornalista formado pela UFF-RJ disse...

Fabricio, Fabricio... Foi até bom vc ter assinado (de repente um botafoguense louco quer me atacar na rua e eu não sei... rsrsrs)

Ir longe não quer dizer ser campeão: quartas-de-final é ter ido longe, p.ex. Acredito que os demais times não são bichos-papões.

Vc vai saber, qdo o Botafogo for à Libertadores, que o que digo agora faz sentido.

Qto a domingo. Eu nunca canto vitória (nem derrota) antes do tempo...

Abs!