sábado, 31 de maio de 2008

Sem noção do ridículo

O Flamengo rompeu com a Nike, após muitos episódios nada profissionais de ambos os lados. E já fechou com a Olympikus, levando R$ 173 milhões de reais por cinco anos, o maior contrato da América Latina.

Se todo mundo já sabe disso, por que colocar interrogações na camisa do time? Era só cobrir o símbolo da Nike até chegar o novo uniforme. Ficou ridículo.

Pra mim, aquelas interrogações referem-se a outros assuntos: como vai ser utilizada essa grana? Vai abater as dívidas do clube? Ou vai tudo pro ralo das sentenças trabalhistas (que não páram de surgir)? O esporte amador ao menos sentirá o cheiro do dinheiro? Haverá reforços de peso (ou ao menos, vai manter as jovens promessas)?

A marca Flamengo é valiosíssima, os contratos de fornecedor, verbas de TV e licenciamentos são milionários, a torcida é a maior do país e a que mais comparece num dos maiores estádios do mundo.

Logo, a interrogação que sempre entra em campo com o time, qualquer que seja o fornecedor, é: por que o Flamengo ainda é o time mais endividado do Brasil?

Um comentário:

carlos pizzatto disse...

Então a Olympikus vai entrar com tudo no futebo, hein.