quinta-feira, 19 de março de 2009

Vestir a camisa?

Que nada, a onda agora é outra. Roberto Fernandes, que mal começou sua carreira como técnico, já ostenta as babaquices e os joguinhos de poder que muitos da classe adoram apresentar. Quando seu atleta vai mal no treino, recebe a vestimenta acima.

Pior do que isso, só mesmo o jogador de futebol dos dias atuais: tão sem personalidade que assimila uma decisão despropositada dessas.

2 comentários:

Fabricio disse...

Após um tempo sumido, estou de volta.

HAHAHAHAHA Hilária essa história do vestidinho!!!!

E esse tal de Neymar hein...

E o Gordinho continua sendo craque. Ainda que gordo.

Abraço

Eric disse...

Impressionante msm como o jogador de futebol se sujeita a essas babaquices. Imagina se o Gerson, o Rivelino ou o Romário iriam botar um vestidinho durante o treino?! E agora o Fernandes vai ficar marcado. Imagina qdo ele consegue lugar num time ainda maior que o Figueirense e tudo qto é jornalista perguntar: e aí, vai botar vestidinho no cara?! Vai ser bom ver ele gaguejando pra se explicar.