domingo, 29 de março de 2009

É coisa de gente grande

(Foto: Agência/Photocâmera)

Que me perdoem os times pequenos e as prefeituras que os patrocinam, mas campeonato regional só tem graça quando os grandes estão bem. Veja a diferença do primeiro para o segundo turno do campeonato carioca: agora os quatro grandes estão "tinindo" paras semifinais, disputando ponto a ponto.

O clássico vovô estava bem chato até os vinte minutos finais de jogo. Fluminense e Botafogo estavam sem inspiração, embora o tricolor sempre rondasse o gol de Renan com perigo, mas sem muita objetividade.

Foi só Maicossuel sofrer o pênalti e inovar na paradinha para as coisas mudarem. Ney Franco tentou repetir a estratégia de atrair o adversário para seu campo e jogar nos contra-ataques, mas o Flu da Taça Rio é bem diferente do Flu da Taça Guanabara. A pressão foi grande, e o vira-vira era questão de tempo. Se fizerem a final do campeonato, o técnico alvinegro vai precisar de mais criatividade.

E se há um jogador indispensável no tricolor, é Conca. Sem marra, com habilidade e surpreendendo as defesas quando elas menos esperam. Tem sido assim desde a Libertadores 2008.

E o Flamengo? Vai ressurgindo das cinzas? Oito gols em dois jogos (sendo cinco de Josiel) é indício de que algo melhorou. Erick Flores entrou muito bem no time, que conta com boa movimentação e variação de jogadas e posições, confundindo a marcação. É o estilo Cuca.

Mesmo se o Fla perder nas semifinais ou na final, seria essencial manter o técnico para o Brasileirão. Em pontos corridos e com o time na palma da mão desde o início do campeonato, ao menos a vaga na Libertadores é garantida. Mas a “insanação” rubro-negra vai ter paciência?

O Vasco (assim como o Flu) já garantiu sua vaga nas semifinais, com outra vitória, numa goleada cheia de gols bonitos. O "tapetudo" Jefferson vai redimindo a diretoria vascaína e vira peça-chave no esquema de Dorival Junior. Vai ser difícil convencer o cruzmaltino de se contentar com pouco.

Um comentário:

Fabricio disse...

Acho que ja passou da hora do ney franco deixar de ser tao defensivo. Gabriel tem que ser titular pra ontem. Alessandro e Emerson, banco já! E saiu um atacante, entra outro!