segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Lembrou o Brasileirão

Mesmo sem o julgamento do Vasco, as definições para as semifinais da Taça Guanabara foram emocionantes. Não tanto pelo futebol apresentado, mas pelas mudanças de cenário enquanto a bola rolava.

Quem viu Fluminense x Tigres ficou acompanhando os resultados dos adversários diretos. E cada gol do Flu era um passo rumo às (até então) longínquas semifinais. Mas como o Tigres tem um time ruim da peste, ficou fácil pro tricolor golear. A Cabofriense e o Americano desperdiçaram a condição de favoritos e ficaram de fora.

Destaque para a acertada substituição de Renê Simões ainda no primeiro tempo: Evérton Silva fez em poucos minutos o que Roger demorou vários jogos pra fazer, isto é, gol. E ainda fez outro.

Em entrevista depois do jogo, Renê deu uma aula de humildade: pediu que os torcedores compreendam que o técnico é humano, que pode errar feio e acertar, e que isso não pode ser levado ao extremo para determinar a capacidade de um treinador. Difícil o torcedor olhar assim, mas a postura de Renê dá um banho na de Muricy e tantos outros comandantes...

O Vasco fez o que tinha que fazer em campo. Tomara que seja absolvido no julgamento de amanhã. Como bem apontou o Blog do PVC, faz tempo que esse negócio de jogador não constar no boletim da federação era pecado mortal. Chega de tribunal decidindo resultados! Punir a indisciplina e a incompetência da arbitragem que é bom...

Botafogo e Flamengo fizeram um jogo ruim mas com alguns lances emocionantes. Reinaldo mostrou que veio pra fazer diferença nesse elenco alvinegro. Mas como o resto do time perde gols! Renan vai se recuperando com boas defesas e, a despeito do despeito de Obina no pênalti, o goleiro botafoguense estava lá pra pegar.

E Josiel vai se tornando no "Túlio Maravilha rubro-negro". Não é craque, não tem habilidade, não enche os olhos. Mas faz o que nenhum atacante do Fla consegue: empurra a bola pro gol, seja como for. Se virar titular e continuar nessa média, já era pra Obina e cia.

Gostaria de ter assistido São Paulo x Corinthians. Mas estou na expectativa mesmo é de Palmeiras x Corinthians: o pleno e talentoso ataque contra a defensividade sem-graça.

3 comentários:

André Marques disse...

É, Marcos, o Ney Franco fez de tudo para entregar o jogo ontem. Tirar dois homens de frente e colocar dois volantes que vieram dos juniores (e que sequer tinham jogado o Estadual) não é atitude de quem quer vencer uma partida. O empate era questão de tempo e acabou sendo mais justo mesmo.

Acredito que o Vasco recupere os pontos porque o Fluminense não é mais parte interessada nesse caso. Duvido muito que os poderosos do Futebol deixem escapar uma semifinal com FlaxFlu e outra com Vasco x Botafogo para colocar Flamengo x Resende.

Marcos André Lessa disse...

Falou e disse, André. Tanto em relação ao Ney FRACO qto à decisão dos tribunais.

Fabricio disse...

É André. Falou e disse.